​​

INTEGRAÇÃO DA PERSPETIVA DO GÉNERO NO EXÉRCITO

 

A integração do género no trabalho dos militares deve ser construída sobre o entendimento de que os homens e as mulheres têm diferentes perceções de segurança, exigindo medidas adequadas que incluem assimilar as perspetivas tanto masculina como feminina.

Assim, o género deve ser encarado como uma nova capacidade do Exército, que contribui para que seja assegurada a segurança de toda a população, homens e mulheres, permitindo ter acesso a um maior número de fontes de informação, e para que as mulheres participem nos processos de construção da paz, pré-requisito para a estabilidade, aumentando, assim, a sua eficácia operacional.

 

NOTÍCIAS

 

 

No dia 25 de novembro celebra-se o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres.

As Nações Unidas lançaram uma campanha, "16 Dias de Ativismo contra a Violência de Género", a partir de 25 de novembro, o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra a Mulher, até 10 de dezembro, Dia dos Direitos Humanos. O objetivo da Campanha é de promover ações para acabar com a violência contra mulheres e meninas em todo o mundo.

#orangetheworld

 

Em setembro foram aprovadas, por Despacho de Sua Excelência General Chefe de Estado-Maior do Exército, as "MEDIDAS DE PROTEÇÃO NA PARENTALIDADE DOS MILITARES DO EXÉRCITO".

Este documento garante a salvaguarda de determinadas situações intrínsecas à atividade e à realidade dos militares do Exército, no âmbito da proteção na parentalidade.

 

 

Em junho deste ano, a Major de Engenharia Diana Morais foi eleita Vice-Presidente do Comité Executivo do NATO Committee on Gender Perspectives (NCGP), um dos comités mais antigos da Aliança.

Portugal participou com uma delegação interdepartamental na Conferência Anual, que reuniu mais de 100 elementos militares e civis provenientes da NATO e de países parceiros, academia, sociedade civil, Nações Unidas e da União Europeia.

 

 

Em março, a Tenente de Administração Militar Ema Gonçalves representou o Exército nas Comemorações dos 40 anos da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG), no Teatro da Trindade, em Lisboa.


 

 

 
Exército Portugues
Iremos até onde a Pátria for,
e seja em paz,
ou seja em guerra,
que este clamor
vibre imortal,
de mar em mar,
de serra em serra:
Portugal! Portugal! Portugal! 

Hino do Exército, 1945,
Letra de Adolfo S. Muller
© Exército Português 2016