Exército Português

​​​​​​​​​​​​​​​

 

 

Exército assina protocolo de colaboração com a Direção Regional da Cultura da Região Autónoma dos Açores http://www.exercito.pt/pt/informação-pública/notícias/1034Exército assina protocolo de colaboração com a Direção Regional da Cultura da Região Autónoma dos Açores 11/06/2019 15:00:00Exército assina protocolo de colaboração com a Direção Regional da Cultura da Região Autónoma dos Açores <img alt="" src="http://assets.exercito.pt/SiteAssets/GabCEME/RCRPP/Fotos_Noticias/2019/protocoloculturazma_02.jpg" style="BORDER:0px solid;" />Este protocolo vai permitir o acesso a outras partes da Fortaleza de São João Batista, nomeadamente a Cortina de Santo António voltada para a baía de Angra e a Cortina de São Diogo<p><img src="http://assets.exercito.pt/SiteAssets/GabCEME/RCRPP/Fotos_Noticias/2019/protocoloculturazma_01.jpg" alt="" style="margin:5px;" />​<img src="http://assets.exercito.pt/SiteAssets/GabCEME/RCRPP/Fotos_Noticias/2019/protocoloculturazma_02.jpg" alt="" style="margin:5px;" /></p><p style="text-align:justify;">​O Exército, através do Regimento de Guarnição N.º 1 (RG1), assinou no dia 25 de maio um protocolo de colaboração com a Direção Regional da Cultura da Região Autónoma dos Açores (DRC).</p><p style="text-align:justify;">Na sessão solene, que decorreu na Sala de Honra da Unidade, o Exército foi representado pelo Comandante do RG1, Coronel Jaime Queijo e a DRC pela sua Diretora, Professora Doutora Susana Goulart Costa.</p><p style="text-align:justify;">Este protocolo procura estreitar a colaboração entre as duas instituições, sendo materializado através da realização de visitas guiadas, em grupo, à parte histórica do RG1, bem como da instalação, em modelo reduzido, do futuro Centro de Interpretação da Fortaleza de São João Batista, na ermida de Santa Catarina de Sena, no Monte Brasil.</p><p style="text-align:justify;">A conciliação da atividade militar com a abertura para visita e desfrute cultural da Fortaleza de São João Batista, têm sido viabilizadas pelo RG1, sendo que, com este protocolo, além dos atuais percursos visitáveis, o acesso a outras partes da Fortaleza, nomeadamente a Cortina de Santo António voltada para a baía de Angra e a Cortina de São Diogo, vão ser possíveis potenciando, assim, uma maior divulgação da sua importância histórica a nível regional e nacional.</p>

Exército Portugues
Iremos até onde a Pátria for,
e seja em paz,
ou seja em guerra,
que este clamor
vibre imortal,
de mar em mar,
de serra em serra:
Portugal! Portugal! Portugal! 

Hino do Exército, 1945,
Letra de Adolfo S. Muller
© Exército Português 2018