​​​​​​​​​​​​​​​

 

 

COVID-19: Mensagem do Chefe do Estado-Maior do Exércitohttp://www.exercito.pt/pt/informação-pública/notícias/1622COVID-19: Mensagem do Chefe do Estado-Maior do Exército14/03/2020 12:00:00COVID-19: Mensagem do Chefe do Estado-Maior do Exército<img alt="" src="https://assets.exercito.pt/SiteAssets/GabCEME/RCRPP/Fotos_Noticias/2019/msgcemecovid19_1.png" style="BORDER:0px solid;" /><p>​<img src="https://assets.exercito.pt/SiteAssets/GabCEME/RCRPP/Fotos_Noticias/2019/msgcemecovid19_1.png" alt="" style="margin:5px;" /></p><p style="text-align:justify;"><span class="ms-rteThemeForeColor-2-5">​<strong>Oficiais, Sargentos, Praças e Funcionários Civis do Exército Português</strong></span></p><div class="text_exposed_show" style="text-align:justify;color:#1c1e21;text-transform:none;text-indent:0px;letter-spacing:normal;font-family:helvetica, arial, sans-serif;font-size:14px;font-style:normal;font-weight:400;word-spacing:0px;display:inline;white-space:normal;orphans:2;widows:2;background-color:#ffffff;text-decoration-color:initial;text-decoration-style:initial;"><p style="text-align:justify;">No momento em que o mundo e Portugal enfrentam uma situação de enorme exigência, motivada pela pandemia do novo coronavírus (COVID-19), o Exército tem de estar pronto para dar resposta às necessidades da Nação e contribuir ativamente na prevenção, mitigação e controlo desta doença.</p><p style="text-align:justify;">Alinhado com o EMGFA e os restantes ramos das Forças Armadas, e a par de vários outros organismos e entidades multissetoriais, no propósito de implementação de medidas concretas de combate ao COVID-19, o Exército elaborou um plano de contingência, compreendendo cenários de emprego das respetivas capacidades, nos quais se prevê o estabelecimento de medidas e o cumprimento de tarefas de progressiva e acrescida exigência.</p><p style="text-align:justify;">Neste quadro de atuação, a todos vós quero endereçar palavras de <strong>confiança</strong>, de <strong>proatividade</strong>, de <strong>estímulo</strong> e de <strong>determinação</strong>.</p><p style="text-align:justify;">De <strong>Confiança</strong>, no profissionalismo, competência, coragem moral e espírito de missão, que sempre caracterizaram, e caracterizam, o “Soldado” do Exército Português.</p><p style="text-align:justify;">De <strong>Proatividade</strong>, pela consciência de que a nossa prontidão depende da preservação do potencial humano, assente na consciencialização e no dever de reforçar os procedimentos internos e os comportamentos, individuais e coletivos, com foco na contenção da propagação do vírus COVID-19. Reiteram-se, assim, as recomendações de comedimento no relacionamento social, prudência nos movimentos e em locais de maior risco, implementação de trabalho não presencial, e rigoroso cumprimento das medidas determinadas, no caso de isolamento voluntário ou quarentena. Assim seremos mais aptos a persistir, com elevada prontidão e competência.</p><p style="text-align:justify;">De <strong>Estímulo</strong>, porque, também perante este desafio, o Exército deve confirmar-se resiliente. Todos temos que nos mobilizar com coesão, segurança, responsabilidade e disciplina social. Todos, e cada um, deveremos combater esta ameaça invisível. É nossa responsabilidade crucial fazê-lo por nós, pelos nossos camaradas, e pelos nossos familiares e amigos.</p><p style="text-align:justify;">Finalmente, de <strong>Determinação</strong>, porque o Exército está sempre onde os Portugueses mais dele precisam. É esse o código genético da nossa atuação. É essa a nossa razão para a disponibilidade permanente, que nos distingue e motiva.</p><p style="text-align:justify;">Como vosso Comandante, estou certo de que este difícil e prolongado momento será ultrapassado, e dele sairemos mais fortalecidos para prosseguirmos ao serviço do Exército e de Portugal!</p><p style="text-align:left;">Lisboa, 13 de março de 2020</p><p style="text-align:center;">José Nunes da Fonseca </p><p style="text-align:center;">General</p></div>

Exército Portugues
Iremos até onde a Pátria for,
e seja em paz,
ou seja em guerra,
que este clamor
vibre imortal,
de mar em mar,
de serra em serra:
Portugal! Portugal! Portugal! 

Hino do Exército, 1945,
Letra de Adolfo S. Muller
� Ex�rcito Portugu�s 2016