A CANDIDATURA AO EXÉRCITO É O PRIMEIRO PASSO EM DIREÇÃO AO TEU FUTURO

CONCURSO DE ADMISSÃO - REGIME DE VOLUNTARIADO / REGIME DE CONTRATO

ABERTO

Os concursos de admissão à categoria de Praças encontram-se permanentemente abertos, sendo possível submeteres a tua candidatura durante todo o ano. Para mais informações poderás consultar as condições de admissão, as normas relativas ao uso de tatuagens e piercings, os regimes de prestação de serviço e as formas disponíveis para submeter a candidatura.

Se necessitares de mais informações, não hesites em contactar-nos!

CONDIÇÕES DE ADMISSÃO

A Categoria de Praças compreende uma série de especialidades, transversais a todo o Exército, de âmbito operacional e logístico. As Praças do Exército desempenham, devidamente enquadradas, funções de natureza executiva e atividades de âmbito técnico e administrativo. Quando promovidas a cabo podem exercer funções de chefe de viatura, chefe de esquadra e de secção.

Gerais
  • Ter nacionalidade portuguesa
  • Ter no mínimo 18 anos de idade
  • Ter aptidão psicofísica adequada
  • Não estar inibido ou interditado do exercício de funções públicas
  • Não ter sido condenado criminalmente em pena de prisão efetiva
  • Satisfazer os padrões exigidos nas Provas de Classificação e Seleção
Especiais

Habilitações Literárias:

  • 9.º ano - Idade máxima: 24 anos
  • 12.º ano - Idade máxima: 24 anos
  • Licenciatura e/ou Mestrado - Idade máxima: 27 anos
  • Licenciatura em Medicina - Idade máxima: 30 anos

Altura mínima:

  • 1,60m para o sexo masculino
  • 1,56m para o sexo feminino

TATUAGENS E PIERCINGS

As tatuagens são uma forma de modificação corporal, que consiste na alteração deliberada do corpo humano por razões não médicas. Estas, ou outras formas de arte corporal não devem conter conteúdos discriminativos em função do género, religião, raça, nacionalidade ou etnia, ou que evidenciem, entre outros, afiliação a grupos políticos e sociais, ou que de algum modo firam preceitos legais ou constitucionais.

PERMITIDO

Tatuagens em zonas não visíveis com o uso de uniforme, nas suas versões de manga comprida e calça, sem luvas e sem boné ou boina.

NÃO PERMITIDO

Tatuagens ou piercings na cabeça, no rosto, incluindo fora e dentro das pálpebras, da boca e das orelhas, no pescoço, acima da linha da camisa, e nas mãos, abaixo da parte superior do carpo. Todas as artes corporais não respeitadoras da decência e do decoro militar, com cariz partidário, extremista, partidário, extremista, sexista ou racista.

Para mais informações sobre o uso de tatuagens do Exército poderás consultar o Despacho N.º48/CEME/2018 (Apresentação e Atavio Militar) .

REGIMES DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO

Todas as formas de prestação de serviço na categoria de Praças pressupõem o cumprimento de serviço militar, encontrando-se compreendidas em 2 regimes (Regime de Voluntariado e Regime de Contrato). Somente após a formação militar será possível desempenhar as funções nas profissões atribuídas.

CONDIÇÕES DE ADMISSÃO

O serviço efetivo em Regime de Voluntariado corresponde à assunção voluntária de um vínculo às Forças Armadas por um período de 12 meses, incluindo o período de instrução, findo o qual o militar pode ingressar no serviço efetivo em regime de contrato (totalizando o máximo de 7 anos).

Esta forma de prestação de serviço apenas está disponível para a categoria de Praças e apenas para as especialidades de Campanha, Mecânica e Serviços.

REGIME DE CONTRATO (RC)

O serviço efetivo em Regime de Contrato corresponde à prestação de serviço militar voluntário por parte dos cidadãos durante um período mínimo de 2 anos e máximo de 6 anos (renovável anualmente após o período mínimo), com vista à satisfação das necessidades das Forças Armadas ou ao seu eventual ingresso nos quadros permanentes.

Durante e após o ingresso em Regime de Contrato não é possível prestar serviço em Regime de Voluntariado.

REGIMES DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO

A submissão da candidatura é o primeiro passo para poderes integrar as fileiras do Exército. Após a submissão da tua candidatura, serás contactado por um tutor que acompanhará o teu processo pelas diversas fases da candidatura.

ONLINE

Poderás submeter uma Candidatura Online, através do preenchimento dos teus dados pessoais. Posteriormente serás contactado por um tutor que acompanhará o teu processo de candidatura.

PRESENCIAL

Depois de reunires todos os documentos necessários, dirige-te pessoalmente ao ponto de atendimento ao público mais próximo da tua área de residência para formalizar a tua candidatura. Poderás fazê-lo em qualquer altura do ano.

CORREIO

O teu processo de candidatura, que contém todos os documentos necessários, pode ser enviado por correio normal ou registado, para um dos nossos pontos de atendimento ao público. Posteriormente serás contactado por um tutor que acompanhará o teu processo de candidatura.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS
  • Formulário de candidatura
  • Cartão de Cidadão
  • Carta de Condução (no caso de ser detentor)
  • Cédula Militar (para quem já cumpriu o Dia de Defesa Nacional)
  • Certificado de Habilitações Literárias
  • Registo Criminal
VER PROFISSÕES

A CANDIDATURA AO EXÉRCITO É O PRIMEIRO PASSO EM DIREÇÃO AO TEU FUTURO

CONCURSO DE ADMISSÃO - REGIME DE CONTRATO (opção 1)

ABERTO

Encontra-se aberto o concurso de admissão ao 2º Curso de Formação de Sargentos do Exército.

Para verificares quais os requisitos que necessitas para te candidatar, podes expandir e consultar a área Condições de Admissão .

Os meios que dispões para submeter a tua candidatura podem ser consultados através da expansão e consulta da área Como te Podes Candidatar

Data limite de Inscrição: 20 de Agosto de 2020.

Especialidades para a Categoria de Sargentos (36 vagas):

  • Mecânico Armamento (2)
  • Mecânico Viatura Rodas (12)
  • Alimentação (20)
  • Construção Eletricidade (2)

CONCURSO DE ADMISSÃO - REGIME DE CONTRATO (opção 2)

FECHADO

De momento não existem concursos de admissão abertos à categoria de Sargentos.

O ingresso nesta categoria efetua-se mediante candidatura após publicação do concurso em Diário da República. Os requisitos necessários para concorrer e o número de vagas disponíveis constarão no concurso. O concurso é geralmente publicado com 90 dias de antecedência à data de incorporação, sem prejuízo de pontuais alterações.

Para mais informações poderás consultar o calendário de incorporações, as condições de admissão, as normas relativas ao uso de tatuagens e piercings, os regimes de prestação de serviço e as formas disponíveis para submeter a candidatura.

Se necessitares de mais informações, não hesites em contactar-nos!

CONDIÇÕES DE ADMISSÃO

A categoria de Sargentos compreende uma série de especialidades, de âmbito operacional, logístico, técnico. Os militares desta categoria desempenham funções de comando e chefia, de natureza executiva, de caráter técnico, administrativo, logístico e de instrução.​

Gerais
  • Ter nacionalidade portuguesa
  • Ter no mínimo 18 anos de idade
  • Ter aptidão psicofísica adequada
  • Não estar inibido ou interditado do exercício de funções públicas
  • Não ter sido condenado criminalmente em pena de prisão efetiva
  • Satisfazer os padrões exigidos nas Provas de Classificação e Seleção
Especiais

Habilitações Literárias:

  • 12.º ano - Idade máxima: 24 anos
  • Licenciatura e/ou Mestrado - Idade máxima: 27 anos
  • Licenciatura em Medicina - Idade máxima: 30 anos

Altura mínima:

  • 1,60m para o sexo masculino
  • 1,56m para o sexo feminino

TATUAGENS E PIERCINGS

As tatuagens são uma forma de modificação corporal, que consiste na alteração deliberada do corpo humano por razões não médicas. Estas, ou outras formas de arte corporal não devem conter conteúdos discriminativos em função do género, religião, raça, nacionalidade ou etnia, ou que evidenciem, entre outros, afiliação a grupos políticos e sociais, ou que de algum modo firam preceitos legais ou constitucionais.

PERMITIDO

Tatuagens em zonas não visíveis com o uso de uniforme, nas suas versões de manga comprida e calça, sem luvas e sem boné ou boina.

NÃO PERMITIDO

Tatuagens ou piercings na cabeça, no rosto, incluindo fora e dentro das pálpebras, da boca e das orelhas, no pescoço, acima da linha da camisa, e nas mãos, abaixo da parte superior do carpo. Todas as artes corporais não respeitadoras da decência e do decoro militar, com cariz partidário, extremista, partidário, extremista, sexista ou racista.

Para mais informações sobre o uso de tatuagens do Exército poderás consultar o Despacho N.º48/CEME/2018 (Apresentação e Atavio Militar) .

REGIMES DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO

A prestação de serviço na categoria de Sargentos pressupõe o cumprimento de serviço militar exclusivamente em Regime de Contrato. Somente após a formação militar será possível desempenhar as funções nas profissões atribuídas.

REGIME DE VOLUNTARIADO (RV)

Regime indisponível para a categoria de Sargentos.

REGIME DE CONTRATO (RC)

O serviço efetivo em Regime de Contrato corresponde à prestação de serviço militar voluntário por parte dos cidadãos durante um período mínimo de 2 anos e máximo de 6 anos (renovável anualmente após o período mínimo), com vista à satisfação das necessidades das Forças Armadas ou ao seu eventual ingresso nos quadros permanentes.

COMO TE PODES CANDIDATAR

A submissão da candidatura é o primeiro passo para poderes integrar as fileiras do Exército. Após a submissão da tua candidatura, serás contactado por um tutor que acompanhará o teu processo pelas diversas fases da candidatura.

PRESENCIAL

Depois de reunires todos os documentos necessários, dirige-te pessoalmente ao ponto de atendimento ao público mais próximo da tua área de residência para formalizar a tua candidatura. Poderás fazê-lo em qualquer altura do ano.

CORREIO

O teu processo de candidatura, que contém todos os documentos necessários, pode ser enviado por correio normal ou registado, para um dos nossos pontos de atendimento ao público. Posteriormente serás contactado por um tutor que acompanhará o teu processo de candidatura.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS
  • Formulário de candidatura

    e requerimento integralmente preenchidos, data dos e assinados

  • Cartão de Cidadão
  • Fotocópica do certificado de habilitações literárias exigidas no aviso de abertura de concurso

  • Fotocópia do certificado do Registo Criminal
  • Fotocópia da carta de condução (no caso de ser detentor))
  • Cédula Militar (para quem já cumpriu o Dia de Defesa Nacional)
  • Informação "Modelo 16" com parecer favorável do Comandante / Diretor / Chefe, fazendo referência ao comportamento moral e cívico (para candidatos militares)

VER PROFISSÕES

A CANDIDATURA AO EXÉRCITO É O PRIMEIRO PASSO EM DIREÇÃO AO TEU FUTURO

CONCURSO DE ADMISSÃO - REGIME DE CONTRATO (opção 1)

ABERTO

Encontra-se aberto o concurso de admissão ao 2º Curso de Formação de Oficiais do Exército.

Para verificares quais os requisitos que necessitas para te candidatar, podes expandir e consultar a área Condições de Admissão .

Os meios que dispões para submeter a tua candidatura podem ser consultados através da expansão e consulta da área Como te Podes Candidatar

Data limite de Inscrição: 20 de Agosto de 2020.

Especialidades para a Categoria de Oficiais (57 vagas):

  • Administração e Finanças (7)
  • Psicologia (6)
  • Direito (10)
  • Informática (4)
  • Análises Clínicas e Saúde Pública (2)
  • Enfermagem (20)
  • Enfermagem Veterinária (6)
  • Marketing e Publicidade (2)

CONCURSO DE ADMISSÃO - REGIME DE CONTRATO (opção 2)

FECHADO

De momento não existem concursos de admissão abertos à categoria de Oficiais.

O ingresso nesta categoria efetua-se mediante candidatura após publicação do concurso em Diário da República. Os requisitos necessários para concorrer e o número de vagas disponíveis constarão no concurso. O concurso é geralmente publicado com 90 dias de antecedência à data de incorporação, sem prejuízo de pontuais alterações.

Para mais informações poderás consultar o calendário de incorporações, as condições de admissão, as normas relativas ao uso de tatuagens e piercings, os regimes de prestação de serviço e as formas disponíveis para submeter a candidatura.

Se necessitares de mais informações, não hesites em contactar-nos!

CONDIÇÕES DE ADMISSÃO

A categoria de Oficiais destina-se ao exercício de funções de comando, direção ou chefia, estado-maior e execução que requeiram elevado grau de conhecimentos de natureza científico-técnica e de qualificação.

Gerais
  • Ter nacionalidade portuguesa
  • Ter no mínimo 18 anos de idade
  • Ter aptidão psicofísica adequada
  • Não estar inibido ou interditado do exercício de funções públicas
  • Não ter sido condenado criminalmente em pena de prisão efetiva
  • Satisfazer os padrões exigidos nas Provas de Classificação e Seleção
Especiais

Habilitações Literárias:

  • 12.º ano - Idade máxima: 24 anos
  • Licenciatura e/ou Mestrado - Idade máxima: 27 anos
  • Licenciatura em Medicina - Idade máxima: 30 anos

Altura mínima:

  • 1,60m para o sexo masculino
  • 1,56m para o sexo feminino

TATUAGENS E PIERCINGS

As tatuagens são uma forma de modificação corporal, que consiste na alteração deliberada do corpo humano por razões não médicas. Estas, ou outras formas de arte corporal não devem conter conteúdos discriminativos em função do género, religião, raça, nacionalidade ou etnia, ou que evidenciem, entre outros, afiliação a grupos políticos e sociais, ou que de algum modo firam preceitos legais ou constitucionais.

PERMITIDO

Tatuagens em zonas não visíveis com o uso de uniforme, nas suas versões de manga comprida e calça, sem luvas e sem boné ou boina.

NÃO PERMITIDO

Tatuagens ou piercings na cabeça, no rosto, incluindo fora e dentro das pálpebras, da boca e das orelhas, no pescoço, acima da linha da camisa, e nas mãos, abaixo da parte superior do carpo. Todas as artes corporais não respeitadoras da decência e do decoro militar, com cariz partidário, extremista, partidário, extremista, sexista ou racista.

Para mais informações sobre o uso de tatuagens do Exército poderás consultar o Despacho N.º48/CEME/2018 (Apresentação e Atavio Militar) .

REGIMES DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO

A prestação de serviço na categoria de Oficiais pressupõe o cumprimento de serviço militar exclusivamente em Regime de Contrato. Somente após a formação militar será possível desempenhar as funções nas profissões atribuídas.

REGIME DE VOLUNTARIADO (RV)

Regime indisponível para a categoria de Oficiais.

REGIME DE CONTRATO (RC)

O serviço efetivo em Regime de Contrato corresponde à prestação de serviço militar voluntário por parte dos cidadãos durante um período mínimo de 2 anos e máximo de 6 anos (renovável anualmente após o período mínimo), com vista à satisfação das necessidades das Forças Armadas ou ao seu eventual ingresso nos quadros permanentes.

COMO TE PODES CANDIDATAR

A submissão da candidatura é o primeiro passo para poderes integrar as fileiras do Exército. Após a submissão da tua candidatura, serás contactado por um tutor que acompanhará o teu processo pelas diversas fases da candidatura.

PRESENCIAL

Depois de reunires todos os documentos necessários, dirige-te pessoalmente ao ponto de atendimento ao público mais próximo da tua área de residência para formalizar a tua candidatura. Poderás fazê-lo em qualquer altura do ano.

CORREIO

O teu processo de candidatura, que contém todos os documentos necessários, pode ser enviado por correio normal ou registado, para um dos nossos pontos de atendimento ao público. Posteriormente serás contactado por um tutor que acompanhará o teu processo de candidatura.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS
  • Formulário de candidatura

    e requerimento integralmente preenchidos, data dos e assinados

  • Cartão de Cidadão
  • Fotocópica do certificado de habilitações literárias exigidas no aviso de abertura de concurso

  • Fotocópia do certificado do Registo Criminal
  • Fotocópia da carta de condução (no caso de ser detentor))
  • Cédula Militar (para quem já cumpriu o Dia de Defesa Nacional)
  • Informação "Modelo 16" com parecer favorável do Comandante / Diretor / Chefe, fazendo referência ao comportamento moral e cívico (para candidatos militares)

VER PROFISSÕES