​​​​​​​​​​​

 

Missão

No quadro das suas capacidades específicas e em função do interesse público que lhe incumbe salvaguardar, cabe ao Exército Português:

  • Participar na defesa militar da República;
  • Assegurar a geração, preparação e sustentação de forças e meios da componente terrestre do Sistema de Forças;
  • Participar em missões internacionais no âmbito das Organizações Internacionais;
  • Participar em missões no exterior do Território Nacional, num quadro autónomo ou multinacional;
  • Executar ações de cooperação técnico-militar;
  • Cooperar, nos termos da lei, com as Forças e Serviços de Segurança;
  • Colaborar em missões de proteção civil;
  • Colaborar em tarefas relacionadas com a satisfação das necessidades básicas e a melhoria da qualidade de vida das populações;
  • Executar atividades no domínio da cultura, designadamente de preservação e divulgação do seu património.
  • Visão

    Um Exército credível, moderno, atrativo, de elevada prontidão e competência;

    Um Exército pronto para a defesa militar da República e contribuinte ativo para a segurança cooperativa, para a proteção e bem-estar das populações e para a salvaguarda do património nacional.

    Valores

    Disponibilidade manifestada na permanente prontidão para servir, assente na especificidade da condição militar;

    Disciplina como meio para atingir a unidade de esforço na prossecução dos efeitos desejados;

    Honra decorrente da atitude honesta, firme e digna, assumida no cumprimento do dever;

    Lealdade como força anímica da disciplina, consubstanciada na prática da verdade e na fidelidade aos princípios éticos, elementos basilares da camaradagem e da coesão no Exército;

    Coragem na forma como se enfrentam os riscos e se superam as dificuldades.