​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​

 

 

 

BrigMechttps://www.exercito.pt/pt/quem-somos/organizacao/ceme/cft/brigmec/erec/BrigMecBrigMecBrigMecEsquadrão de Reconhecimento<img alt="" src="http://inter-assets/SiteAssets/BrigMec/ERec/Cmdt_EREC.png" style="BORDER:0px solid;" />COMANDANTE <br> Capitão <br> Correia Duarte<img alt="" src="http://assets.exercito.pt/SiteAssets/BrigMec/ERec/AdjCmdt_ERec.png" style="BORDER:0px solid;" />ADJUNTO <br> Sargento-Ajudante <br> Catroga Duarte<img alt="" src="http://assets.exercito.pt/SiteAssets/BrigMec/ERec/Crascha_ERec_182x226.png" style="BORDER:0px solid;" /><h3 style="text-align:justify;">​​MISSÃO ACTUAL</h3><p style="text-align:justify;">Conduz operações de reconhecimento e segurança com a finalidade de preservar a capacidade de combate da Brigada.</p><h3></h3><h3 style="text-align:justify;">HISTÓRIA</h3><p style="text-align:justify;">A história do Esquadrão de Reconhecimento (ERec) da Brigada Mecanizada (BrigMec) remonta ao ano de 1978, ano em que foi nomeado como Comandante do ERec/1ªBMI/RCSM, o Cap Cav Sequeira Marcelino (OS 42/78 RCSM), desde 28fev78 a 03mar78 com a missão de: Levantar o ERec, Preparar as instalações, Rececionar os materiais, Instruir o pessoal no novo tipo de Viaturas Blindadas de Transporte de Pessoal (VBTP) M113A1 e nas suas normas de utilização, Experimentar e Definir os conceitos táticos adequados aos novos equipamentos e materiais e Montar o sistema de manutenção das novas viaturas.</p><p style="text-align:justify;">Para coadjuvarem o Cap Cav Marcelino foram nomeados, de acordo com a sua proposta, o 1 Sar Cav Batista do Santos, que tinha vindo do RC8, sediado em Castelo Branco e que tinha estado ligado ao ERec8, e 1º Cabo Atirador Explorador do QC Roquete, que desempenhara funções no 1º Esquadrão de Carros de Combate. </p><p style="text-align:justify;">Em 24fev78, estes três militares deslocaram-se a Lisboa (Cais de Alcântara) para trazerem para o Campo Militar de Santa Margarida e para o ERec as cinco primeiras VBTP M113A1 que equipariam o Esquadrão. Posteriormente, cerca de duas semanas mais tarde, o ERec recebeu um Alferes (Alf Cav QC M47 Fernando Belém), dois Sargentos e dez praças, que constituiriam o embrião do Pelotão de Reconhecimento.</p><p style="text-align:justify;">Até ao mês de junho foram rececionados mais quinze VBTP M113A1 para equipar os Pelotões e o Comando do Esquadrão e dois Jeep M151A2.</p><p style="text-align:justify;">Orientado para o emprego tático do Esquadrão foi feito o manuscrito do manual de emprego tático dos Pelotões de Reconhecimento e para a área da Manutenção, os manuais das VBTP M113A1 e M151A2. Os indicativos de rádio do Esquadrão, que ainda hoje se mantêm nas Instruções Temporárias de Transmissões (ITTM’s) em vigor, foram escolhidos pelo Maj Cav Jesus da Silva (Cmdt do ERec, OS 150/78 RCSM), com base nos primeiros Comandantes das SubUnidades do Esquadrão: Comando, SIERRA, Maj Jesus da Silva; Manutenção, MIKE, Cap Cav Marcelino; 1º PelRec, ALFA, Alf Aguiar; 2º PelRec, BRAVO, Alf Belém; 3ª PelRec, GOLFE, Alf Guerra, PelMor, CHARLIE, Alf Cabral.</p><p style="text-align:justify;">(Adaptado, Coronel Cav Marcelino, 2013) </p>39.412399, -8.289704249730714Brigada Mecanizada Esquadrão de Reconhecimento Santa Margarida 2250-350 Constância

 

 

BrigMechttps://www.exercito.pt/pt/quem-somos/organizacao/ceme/cft/brigmec/erec/BrigMecBrigMecERecEsquadrão de ReconhecimentoL0|#05923487a-1832-403c-ae9d-d3a65ecef8fc|CEME:CFT:BrigMec:ERec4<img alt="" src="http://inter-assets/SiteAssets/BrigMec/ERec/CrashaERec_840x475.png" style="BORDER:0px solid;" />

Exército Portugues
Iremos até onde a Pátria for,
e seja em paz,
ou seja em guerra,
que este clamor
vibre imortal,
de mar em mar,
de serra em serra:
Portugal! Portugal! Portugal! 

Hino do Exército, 1945,
Letra de Adolfo S. Muller
© Exército Português 2018