​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​

 

 

 

CmdLoghttps://www.exercito.pt/pt/quem-somos/organizacao/ceme/cmdlog/da/CmdLogCmdLogCmdLogDIREÇÃO DE AQUISIÇÕES<img alt="" src="http://inter-assets/SiteAssets/DAq/BGen%20Cavaleiro%20F%20Transparente.png" style="BORDER:0px solid;" />DIRETOR <br> Brigadeiro-General <br> Ramalhôa Cavaleiro<img alt="" src="http://assets.exercito.pt/SiteAssets/DAq/SMor_Machado.png" style="BORDER:0px solid;" />ADJUNTO <br> Sargento-Mor <br> Pinto Machado <a href="http://assets.exercito.pt/SiteAssets/DAq/Dire%c3%a7%c3%a3o%20de%20Aquisi%c3%a7%c3%b5es.pdf"><img alt="" src="http://assets.exercito.pt/SiteAssets/DAq/ARMASDADIRECAODEAQUISICOES_1.png" style="BORDER:0px solid;" /></a><h3>A Nossa História</h3><p style="text-align:justify;"> </p><p style="text-align:justify;">A Direção de Aquisições foi criada em 2006. A sua criação resultou do processo global de reestruturação do Exército consubstanciando uma alteração na filosofia do apoio logístico, tendo este deixado de funcionar com base numa estrutura organizada por serviços para passar a assentar numa estrutura funcional.</p><p style="text-align:justify;">Neste contexto, a Direcção de Aquisições surge como um órgão do Comando da Logística do Exército, que tem como missão "realizar a aquisição de bens e serviços necessários ao Exército e a alienação de materiais e equipamentos incapazes", competindo-lhe designadamente, a preparação, condução e concretização de procedimentos aquisitivos de bens e serviços e de empreitadas de obras públicas, e de procedimentos de alienação de materiais e equipamentos incapazes, bem como garantir os pagamentos contratualmente previstos, após a recepção e a aceitação definitiva dos bens e serviços adjudicados.</p><p style="text-align:justify;"><br>Para o cumprimento desta missão a Direção de Aquisições tem vindo a constituir-se como uma organização moderna, dinâmica e flexível, trabalhando por objectivos, com capacidade para enfrentar, permanentemente, novas situações e desafios, liderando a política e metodologia aquisitiva do Exército, interagindo com múltiplas instituições, reforçando a credibilidade, prestígio e elevado profissionalismo dos seus membros, contribuindo para o sucesso do apoio logístico ao Exército na sustentação do dispositivo no Continente e Zonas Militares e, também, no contexto das Forças Nacionais Destacadas.</p><p style="text-align:justify;"><br>Na sua curta existência, foram vários os desafios entretanto superados, salientando-se, entre outros:</p><blockquote dir="ltr" style="text-align:justify;margin-right:0px;"><p><br>=> O importante papel na execução dos principais programas de investimento do Exército, designadamente Lei de Programação Militar (LPM), Lei das Infraestruturas Militares (LIM) e Programa de Investimentos e Despesas da Administração Central (PIDDAC);</p><p><br>=> A aplicação da mais recente legislação portuguesa e comunitária, designadamente o novo Código dos Contratos Públicos (em vigor desde 2008) e o novo regime europeu de contratação pública;</p><p><br>=> A crescente utilização de novas ferramentas e processos de trabalho assentes nas Tecnologias de Informação com destaque para o lançamento e condução dos procedimentos aquisitivos nas Plataformas Electrónicas de Contratação Pública e a utilização do Sistema Integrado de Gestão (SIG), nos procedimentos aquisitivos e gestão do imobilizado. </p></blockquote><p> </p><h3> </h3><h3>A NOSSA Missão</h3><p> </p><p style="text-align:justify;">À Direção de Aquisições compete promover a aquisição de bens e serviços e a realização de empreitadas de obras públicas necessárias à satisfação das necessidades do Exército, bem como a alienação de materiais e equipamentos incapazes.</p>38.70914, -9.16698213912000213912009Avenida Infante Santo, Edifíco Ceuta nº49 2ºAndar, 1399-056 Lisboa

 

 

CmdLoghttps://www.exercito.pt/pt/quem-somos/organizacao/ceme/cmdlog/da/CmdLogCmdLogDADireção de AquisiçõesL0|#054f6aa90-3d09-4c6f-b421-1aff514ae711|CEME:CmdLog:DA4<img alt="" src="http://assets.exercito.pt/SiteAssets/DAq/Cart%c3%a3o_DAq.png" style="BORDER:0px solid;" />

Exército Portugues
Iremos até onde a Pátria for,
e seja em paz,
ou seja em guerra,
que este clamor
vibre imortal,
de mar em mar,
de serra em serra:
Portugal! Portugal! Portugal! 

Hino do Exército, 1945,
Letra de Adolfo S. Muller
© Exército Português 2018