​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​

 

 

 

DHCMhttps://www.exercito.pt/pt/quem-somos/organizacao/ceme/vceme/dhcm/ahm/DHCMDHCMDHCMArquivo Histórico Militar<img alt="" src="http://assets.exercito.pt/SiteAssets/AHM/Cor_Martins.png" style="BORDER:0px solid;" />DIRETOR <br> Coronel<br>Carreira Martins<img alt="" src="http://assets.exercito.pt/SiteAssets/AHM/bras%c3%a3o_peq.gif" style="BORDER:0px solid;" /><h3 style="text-align:center;"><span class="ms-rteThemeForeColor-9-0">AVISO</span></h3><p style="text-align:center;"> </p><font color="#000000" face="Times New Roman" size="3"> </font><font color="#000000" face="Times New Roman" size="3"> </font><p style="text-align:left;">Informa-se que por motivos operacionais o Arquivo Histórico Militar (AHM) encerra ao público nos períodos:</p><font color="#000000" face="Times New Roman" size="3"> </font><ul><li><p>24 e 26 de dezembro de 2018 </p></li><li><p>31 de dezembro 2018 e 02 de janeiro de 2019.<br></p><p style="text-align:left;">Solicita-se a compreensão de todos os consulentes do AHM.</p></li></ul><font color="#000000" face="Times New Roman" size="3"> </font><font color="#000000" face="Times New Roman" size="3"> </font><font color="#000000" face="Times New Roman" size="3"> </font><font color="#000000" face="Times New Roman" size="3"> </font><font color="#000000" face="Times New Roman" size="3"> </font><font color="#000000" face="Times New Roman" size="3"> </font><p style="text-align:center;">----------------------------------------------------------</p><h3>Armas</h3><p style="text-align:justify;">- Escudo de vermelho, uma espada antiga com lâmina de prata, guarnecida, empunhada e maçaneta de ouro, acompanhada à dextra e à sinistra de um pergaminho desenrolado de prata;</p><p style="text-align:justify;">- Elmo militar, de prata, forrado de vermelho, a três quartos para a dextra;</p><p style="text-align:justify;">- Correia de vermelho perfilada de ouro;</p><p style="text-align:justify;">- Paquife e virol de vermelho e de prata;</p><p style="text-align:justify;">- Timbre: um leão rampante de ouro, segurando nas garras dianteiras um cadeado do mesmo, aberto de vermelho;</p><p style="text-align:justify;">- Divisa: num listel de branco, ondulado, sotoposto ao escudo, em letras de negro, maiúsculas, de estilo elzevir “POSTERIS DOCVMENTA TRADIMVS”. </p><p style="text-align:justify;">  </p><p style="text-align:justify;text-decoration:underline;">Simbologia e Alusão das Peças</p><p style="text-align:justify;">- A ESPADA antiga simboliza o carácter castrense do Arquivo; </p><p style="text-align:justify;">- OS PERGAMINHOS simbolizam os documentos do mesmo Arquivo depositados; </p><p style="text-align:justify;">- O LEÃO alude ao Exército Português; </p><p style="text-align:justify;">- O CADEADO simboliza a guarda dos documentos historico-militares. </p><p style="text-align:justify;">  </p><p style="text-align:justify;">Os Esmaltes Significam</p><p style="text-align:justify;">- OURO: nobreza e constância;</p><p style="text-align:justify;">- PRATA: riqueza e eloquência;</p><p style="text-align:justify;">- VERMELHO: ardor bélico e força.</p><p style="text-align:justify;"> </p><h3> Missão</h3><p style="text-align:justify;">Guarda, trata e preserva todos os documentos de valor histórico relativos ao Exército. </p><p style="text-align:justify;"> </p><h3> Historial </h3><p style="text-align:justify;">O Arquivo Histórico Militar (AHM) é uma instituição centenária, nascida no seio da reforma republicana do Exército, criado por Decreto de 25 de maio de 1911, tendo-lhe sido atribuído a missão de guardar, tratar e preservar todos os documentos de valor histórico relativos ao Exercito.</p><p style="text-align:justify;">A origem do AHM remonta ao arquivo do Conselho de Guerra, órgão criado em 11 de dezembro de 1640, que se crê ter sido o primeiro arquivo militar português. Em 1736 foi constituída a Secretaria de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Guerra, ficando a seu cargo todos os assuntos diplomáticos e militares.</p><p style="text-align:justify;">Em 1834, com a extinção do Conselho de Guerra, ambos os arquivos foram reunidos num só espaço: no palacete do Pátio das Vacas, em Belém, para onde o arquivo da Secretaria da Guerra tinha sido transferido após o terramoto de 1 de novembro de 1755, depois de ter perdido a quase totalidade da sua documentação. Foi também naquele ano que com o fim da guerra civil o <em>Archivo Militar</em>, como então era designado, recebeu as suas primeiras incorporações: arquivo da Terceira referente ao Governo Constitucional instalado nos Açores; da Secretaria da Guerra do Exército Liberal, relativo ao cerco do Porto (1832- 1933); das extintas inspeções gerais de infantaria e cavalaria; arquivo “moderno" da Secretaria da Guerra (1820 a 1833) e do já referido Conselho da Guerra.</p><p style="text-align:justify;">Seguiu-se, depois, um período muito marcado pela itinerância do arquivo militar, com a sua transferência sucessiva, primeiro para o piso inferior do Palácio da Ajuda em 1845; daí para o edifício do jardim botânico, também na Ajuda, em 1862; posteriormente para a ex-fábrica de refinação do salitre de Alcântara em 1877 e por fim, para a ala Sul do antigo palácio dos condes de Resende, no Campo de Santa Clara, em 1884. Aí se fixou até 1951, ano em que passou para a ala Leste do edifício do Estado-Maior do Exército, em Santa Apolónia. Em 31 de outubro de 2018, inauguraram-se as novas instalações, situadas no largo do Outeirinho da Amendoeira em Lisboa.</p><p> </p><p style="text-align:center;">​...</p><p style="text-align:center;">Pesquisa AHM - Archeevo<br></p><p style="text-align:center;">​<a href="https://arqhist.exercito.pt/"><img src="http://assets.exercito.pt/SiteAssets/AHM/link_ahm.jpg" alt="" style="margin:5px;" />​</a><br>Pesquisa GERMIL - Archeevo</p><p style="text-align:center;"> </p><p style="text-align:center;"><a href="https://ahm-germil.exercito.pt/"><img src="http://assets.exercito.pt/SiteAssets/AHM/germil_640_2.jpg" alt="" style="margin:5px;" /></a> </p><p style="text-align:center;"><span><a href="http://ahm-germil.exercito.pt/"></a></span> Pesquisa no Memorial Virtual</p><p style="text-align:center;"> </p><p style="text-align:center;"><a href="http://www.memorialvirtual.defesa.pt/"><img src="http://assets.exercito.pt/SiteAssets/AHM/memorial_640_2.jpg" alt="" style="margin:5px;" /></a> </p><p style="text-align:center;"> </p><p style="text-align:center;">Tabela de Emolumentos</p><p><strong>Fotocópias: </strong></p><p>A4 - € 0,30 </p><p>A3 - € 0,50 </p><p>Autenticadas - € 2,00 </p><p>Nota - <em>À exceção dos Processos Individuais e Histórias de Unidades, todas as reproduções de documentos serão efetuadas em suporte digital. </em></p><p><strong> </strong></p><p><strong>Reproduções em Formato Digital (documentos textuais): </strong></p><p>Formato até A4 e até 300dpi - € 2,00 </p><p>Formato até A3 e até 300 dpi - € 4,00 </p><p><strong> </strong></p><p><strong>Reproduções em Formato Digital (documentos iconográficos / fotográficos): </strong></p><p>Formato até A4 e até 300dpi - € 2,00 </p><p>Formato até A3 e até 300 dpi - € 4,00 </p><p>Formato superior a A3 - A orçamentar </p><p>Nota : <em>O valor das reproduções é acrescido de € 2,00 por cada CD/DVD </em><em> </em><em>de suporte.</em> </p><p><strong> </strong></p><p><strong>Taxa de publicação de imagem: </strong></p><p>Trabalhos académicos - € 6,00 </p><p>Publicações comerciais - € 40,00 </p><p><strong> </strong></p><p><strong>Serviço de Pesquisa: </strong></p><p>Por cada processo consultado para pesquisa de informação - € 5,00 </p><p><strong> </strong></p><p><strong>Pagamento antecipado sobre os trabalhos - 50% (mínimo)</strong></p><p><strong> </strong></p><p>Nota:</p><p>1. Aos preços apresentados acresce o custo dos portes postais quando, as fotocópias ou as digitalizações, forem remetidas pelo correio;</p><p>2. Os documentos iconográficos, cartográficos ou especialmente protegidos não são reproduzidos através de fotocópia;</p><p>3. Para a realização do trabalho é necessário:</p><p>- Efetuar o pagamento de 50% do custo total estimado, quando a requisição é feita na sala de leitura;</p><p>- Efetuar o pagamento do total do valor orçamentado, quando a requisição é feita por escrito.</p><p>4. Os valores indicados referem-se ao custo unitário;</p><p>5. Os valores apresentados já incluem o IVA à taxa em vigor.</p><p> </p><p> </p><p> </p><p>Observações: </p><p>A presente tabela de emolumentos é regulada pela Diretiva Nº 04/11 de 30 de março de 2011, da Direção de História e Cultura Militar.</p>38.712673,-9.124679Receção 218 842 415 Largo do Outeirinho da Amendoeira 1100-386 Lisboa <table style="width:100%;"><tbody><tr><td><p><strong>HORÁRIO</strong></p><p><strong><font size="2">Consulta: </font></strong></p><p><font size="2">2ª a 6ª feira, das 10H00 às 12H15 e das 13H45 às 16H45.</font></p></td><td> </td><td> </td></tr><tr><td><strong><font size="2">Requisições:</font></strong> <p align="left"><font size="2">Das 10H00 às 12H00 e das 13H45 às 16H00. </font></p></td></tr></tbody></table>

 

 

DHCMhttps://www.exercito.pt/pt/quem-somos/organizacao/ceme/vceme/dhcm/ahm/DHCMDHCMAHML0|#0b05aa8e2-dab5-47da-8dce-d2cd75790e5e|CEME:VCME:DHCM:AHM4<img alt="" src="http://assets.exercito.pt/SiteAssets/AHM/Cart%c3%a3o_AHM.png" style="BORDER:0px solid;" />

Exército Portugues
Iremos até onde a Pátria for,
e seja em paz,
ou seja em guerra,
que este clamor
vibre imortal,
de mar em mar,
de serra em serra:
Portugal! Portugal! Portugal! 

Hino do Exército, 1945,
Letra de Adolfo S. Muller
© Exército Português 2018